Às vezes tenho a mania #18

O look é de um dos dias passados em Lisboa. Fomos tratar dos vistos e ficámos para o dia seguinte para ir buscar o Luís ao aeroporto. Dormimos no Vip Executive Art's Hotel, pertinho do Parque das Nações e do hotel devo dizer que fica bem situado e que o quarto é agradável. Quanto a simpatia no atendimento, confesso que devo estar mal habituada, pois achei o acolhimento demasiado distante e a não deixar saudades.

Por aqui já estivemos os quatro e agora estamos a três pois o Gonçalo está no Gerês em visita final de ano letivo.
Amanhã é um dia grande: Miguel faz onze anos e anda feliz da vida porque desta vez, ao contrário do que aconteceu nos últimos dois anos, tem cá o pai para ajudar a soprar as velas!






Saldos que são saldos...

Saldos que são saldos têm 50% (ou mais) de desconto. E se forem peças que não passem de moda em três tempos, melhor ainda...

ÉCHARPE JACQUARD

Écharpe Massimo Dutti-19.95 Euros (39.95 Euros)

Parca Massimo Dutti - 34.95 Euros (era de 69.95 Euros)
Blusa Massimo Dutti - 24,95 Euros (era de 49.95 Euros)

Uma família com esperança:está quase!



E finalmente o Luís está a chegar! A ansiedade nos miúdos é mais que muita, o Miguel costuma dizer que parece que os dias não passam. Mas passam: faltam três dias!
Certo dia li num blogue que quando o pai regressava a casa era como se fosse Natal outra vez. Concordo e não é por causa das prendas ( o Luís só traz pedras e ginguba:)...é mesmo por estarmos em família, juntos outra vez. E  é nestas alturas que as chamadas pequenas coisas como jantarmos juntos, arrumar a cozinha, partilhar o comando da televisão, se tornam enormes.
Está quase!

Olha que bem e que bom!



Na passada sexta-feira, uma amiga ofereceu-me uma caixinha bem leve e disse-me: os teus miúdos vão gostar de os ver crescer!
Eu não sei bem os termos técnicos, mas sei que é uma caixinha de onde crescem cogumelos que eu depois vou saborear. Foram comprados numa loja perto de Leiria (que também faz formação na área de cultivo de cogumelos), mas sei que vendem muito online.
Se estiverem interessados (eu acho que é uma prenda bem original e saborosa), a loja/empresa chama-se  Boletos Deorum e podem saber mais aqui e aqui.

E eis a evolução dos meus cogumelos em quatro/cinco dias:


Mine!

Imagem 4 de TÚNICA ESTAMPADA FLORES da Zara
Imagem 3 de TÚNICA ESTAMPADA FLORES da Zara
Imagem 6 de TÚNICA ESTAMPADA FLORES da Zara

A Zara diz que é túnica, mas para mim é vestido...

Boas compras#4

Quase sempre que visto a blusinha do post anterior há alguém que me pergunta de onde é.  É H&M, continuam à venda, nunca vão para saldos e todos os anos surgem novas cores (a minha tem três anos). 
O preço: 19.99Euros.


.
Também há com manga mais comprida...



A minha vida como ela é...

~
Por mais anos que passem, por mais neuras que tenha, por mais que eu rabuje, tenho a certeza de que nunca vou ser uma mulher que se recusa a enfrentar as novidades. Às vezes é difícil sairmos da nossa zona de conforto (muito difícil), mas eu tento dar luta ao meu lado mais "ai que já não tenho idade para isto". 
Daí que me tenha andado a aventurar em selfies para postar aqui os meus looks de "podia ser a minha viziznha aqui do lado". Confesso, contudo, que ainda não lhe apanhei o jeito...A seu tempo.
Outra das novidades é a facilidade com que ultimamente experimento novos cheiros e os faço meus. Ok, confesso que o facto de mos oferecerem também ajuda, mas eu era incapaz de usar um cheiro que não me identificasse. Daí que, ultimamente, tenha andado rendida ao Lady Lily do Boticário. Muito feminino e delicado, só o facto de pegarmos no frasco e nos perfumarmos já é todo um momento que nos ajuda a enfrentar o dia muito mais confiantes. Sem medo de arriscar. Sem medo do que é novo.

Gosto muito...

Imagem 1 de CALÇAS LARGAS ESTAMPADAS da Zara


Imagem 4 de CALÇAS LARGAS FLUIDAS da Zara

Imagem 2 de CALÇAS CINTURA SUBIDA SINO da Zara


Adoro calças fluídas...nas outras. 
E principalmente se tiverem mais de metro e meio (como eu)!

A minha vida como ela é...

Amelie Poulain | via Tumblr

Sempre que posso gosto de andar a pé na minha aldeia e tento fazer  uma espécie de caminhada. Hoje, mal finalizei a hercúlea tarefa de corrigir exames, fui apanhar ar...
Seguia eu o meu caminho, passo apressado e fones nos ouvidos, quando ouço alguém a chamar-me. Parei e sorri para o senhor Adão (quem o conhece sabe que é impossível olhar para ele sem sorrir). Apressado, como ele anda quase sempre, perguntou-me:
- Ó menina, posso dar-lhe dois beijinhos?
Fiquei uns segundos apalermada, mas sorri de novo e cumprimentei-o com dois beijinhos. Logo ele rematou:
-Sabe, é que há mulheres que são tão esquisitas!
E lá continuou ele a andar apressado. E eu também continuei a andar, mas com um sorriso no rosto que perdura até agora.

Petiscar sem culpa...


Quando tirei as gomas das formas nem queria acreditar que estavam tão lindas e saborosas. Gomas sem açúcar para ir petiscando, muito fáceis de fazer. Eu fiz na Bimby e tirei a receita daqui, mas também se pode fazer de modo tradicional (aqui).

As formas que eu usei são aquelas para os bombons de chocolate, em silicone (comprada nos chineses).

África nossa #12

Gabela é um dos sítios que quero visitar em Angola. Os vistos já estão a ser tratados (ui...tanta coisa que é necessária) e em julho estas paisagens estarão à nossa espera!









Aos meus alun♥s...

Untitled

Apesar de tentar nunca falar aqui de assuntos relacionados com escola, este ano tive uns alunos que me marcaram muito pela sua bondade e generosidade. Foram uma inspiração para mim, mas precisam de acreditar mais neles e nas suas capacidades. 

Em altura de despedidas, deixo-lhes aqui um recado, com a minha promessa de que não os esquecerei nunca!


José Cid, o inspirador?

Se o objetivo era pôr toda a gente a falar do assunto, tal foi conseguido, mas não...não consigo gostar de uma capa destas... 

Talvez porque eu ainda sou do tempo destas fotos do José Cid...

Como diz a minha amiga Graça: A visão do inferno!




Instagram...


Instagram...eu ando por lá...


Do dia de ontem...

Do dia de ontem, ficam na memória muitos mimos: um presente comprado em Angola (via internet) e que me fez ficar boquiaberta, bolos e flores dos alunos mais queridos (os meus), palavras boas dos amigos e este vídeo que o Gonçalo fez.

Pensei bastante se o colocava aqui ou não, mas gostei tanto que o quis partilhar com quem me/nos quer bem. São apenas dois minutos, mas que mostram um bocadinho do que nós somos... As fotos não são perfeitas, nós não somos perfeitos, a nossa vida não é perfeita, mas continuamos unidos e  somos Família.

Foi tudo preparado pelo meu rapaz de quase quinze anos...E, com a sua permissão, aqui vai:





* Nota-se muito que ele adora Angola?

Quarenta e cinco...

Trás-os-Montes, março 2015, cabelo molhado, sem maquilhagem, a aprender  a aproveitar cada momento...



Hoje faço quarenta e cinco anos e nem me apercebi que o tempo passou tão depressa...

A verdade é que a partir dos trinta e oito, trinta e nove anos, começou a custar-me ver o tempo a escorrer-me tão depressa (um dos motivos da criação deste blogue)...Acho que foi a partir daí que me apercebi realmente da expressão "fragilidade da vida humana"...Até então tinha andado muito ocupada a tratar da minha vidinha e, confesso, muito menos atenta aos outros...

E, no entanto, hoje sinto-me mais serena, menos exigente comigo própria, mais aceitadora dos outros, mais "não quero saber o que pensam". Muitos mais, portanto.

Agora, é olhar em frente não esquecendo as memórias, cuidar de mim, sorrir muito, não ser tão birrenta e chata com os pormenores e, acima de tudo, procurar ser todos os dias uma pessoas melhor!


Blogues que inspiram #5

Uma das bloggers de que tanto gosto, voltou! Chama-se Márcia, começou na blogsfera quando eu, mas fez uma interrupção de dois anos. Agora, anda por aqui de novo e está mais gira do que nunca!

Permanente de pestanas ou como eu faço cada figurinha!

b&w, black, black and white, black&white, eyelashes - inspiring picture on Favim.com

Tinha já há uns tempos um voucher para uma permanente de pestanas. Só o nome já me andava a assustar pois a última vez que tinha feito uma permanente foi nos anos noventa e as recordações não eram/são nada boas. Adiante.
Hoje, à hora marcada, lá estava eu prontinha e ansiosa para sair de lá com umas pestanas maravilhosas. Mas (há sempre um mas, não é?), quando a moça me começou a explicar os procedimentos e que eu tinha de ficar quinze minutos com os olhos fechados e depois mais ainda quinze minutos, eu comecei a tremelicar. Lá me deitei a medo e a moça começou os procedimentos nas minhas pestanas. A gota de água foi quando eu senti o cheiro ( embora mais suave) que me lembrou a minha permanente capilar. Comecei logo a desconfiar que não ia ser capaz, mas  respirei fundo, a tentar aguentar-me visualizando o meu futuro olhar pestanudo.
Entretanto, a mocinha simpaticamente aavisou-me que se ia ausentar só uns minutinhos,  e que eu ficasse quietinha a relaxar.

Relaxar? Não consegui. Eram os olhos que eu não podia abrir, era o cheiro do produto, era a minha mente a torturar-me: ai que já me arde um olho, ai que eu fico cega, ai isto e aquilo!
E foi então que eu fiz uma das mais tristes figuras de que tenho memória...comecei a pedir (só um bocadinho alto) que me ajudassem, que viesse alguém, que me tirassem aquilo dos olhos. A rapariga veio rapidamente e eu supliquei-lhe que parasse o tratamento, que afinal eu já não queria ser pestanuda, que eu queria mesmo era abrir os olhos e sair dali.

E assim foi. Qual raposa de rabinho entre  as pernas, pedi desculpa e zarpei dali aliviada .

Ah...e para que conste: nunca gostei tanto das minhas pestanas como agora! 

Boas notícias #2


Este fim de semana (dias 29, 30 e 31 de Maio)   os  perfumes estão com 40% de desconto! wink emotic

Nota: 1 perfume por pessoa mediante a apresentação de BI - não acumulável com outras promoções